Blog Tecnolog

Receba as novidades
em seu e-mail

Utilizaremos seus dados exclusivamente para comunicações da nossa empresa. Ao informar meus dados concordo com a Política de Privacidade

Companhias Offshore: saiba o que são e como funcionam

Uma plataforma petrolífera pode ser classificada de duas maneiras, em terra firme recebe o nome de plataforma “onshore” e no mar recebe o nome de plataforma “offshore”, uma grande estrutura usada na perfuração em alto mar para abrigar trabalhadores e máquinas necessárias para a perfuração de poços no leito do oceano para a extração de petróleo e/ou gás natural, processando os fluidos extraídos e levando os produtos, de navio, até a costa. Neste artigo você conhecerá mais detalhes sobre o que é empresa offshore e como ela funciona. Confira!

O que é Offshore?

Offshore significa, em tradução direta, “fora da costa”, um termo utilizado para definir toda organização que possui transações realizadas em país estrangeiro, fora do território de origem do proprietário, cujas atividades estarão sujeitas a um regime extraterritorial. A construção offshore é a instalação de estruturas e instalações em um ambiente marinho, geralmente para a produção e transmissão de eletricidade, petróleo, gás e outros recursos.

De acordo com a matéria Onshore e Offshore do portal O Petróleo, uma construção petrolífera offshore consiste em estruturas localizadas em alto mar. Elas atuam para a extração de petróleo no oceano e são muito utilizadas em oceanos profundos, com reservas abundantes de petróleo e geralmente afastadas do continente.

As plataformas de petróleo são as construções para a extração de petróleo offshore. A construção dessas plataformas é feita no continente, sendo que elas são embarcadas para, posteriormente, serem içadas ou ficarem flutuando sobre o campo de extração, dependendo do tipo e modelo da plataforma.

Devido ao custo de construção de uma plataforma offshore, um estudo bem-elaborado deve ser realizado sobre a área a ser explorada, pois é preciso compensar o custo da instalação, bem como outros fatores de risco, como os ambientes, por exemplo.

Geralmente, as empresas offshore são registradas em jurisdições com baixa tributação ou até mesmo isentas. E além de serem constituídas em países que têm um tratamento diferenciado, essas empresas têm alto nível de proteção de investidores, permitindo até mesmo que sejam anônimas.

Por exemplo, um empresário brasileiro, incomodado com a alta carga tributária nacional, pode optar por uma empresa offshore, com localização em outro país com uma carga tributária mais atraente, a partir do seu ponto de vista.

De acordo com a publicação Offshore do blog Copastur, alguns dos tipos mais comuns de empresas offshore são:

International Business Company (IBC): Uma empresa internacional completa, com diretores, acionistas, capital social, etc.

Limited Liability Company (LLC): É um tipo de empresa formada por mais de um membro, que recebe uma parcela de ações. A LLC é muito usada para a aquisição de imóveis.

Trust: Mais complexa, funciona como um contrato para terceirizar a administração de bens e direitos de um settlor (outorgante) para um trustee (curador).

 

Como funciona uma empresa offshore?

O artigo Offshore publicado no blog da Suno, salienta que as empresas offshore são criadas com o objetivo de preservar a identidade dos donos do negócio e prezar pelo sigilo das operações, além de aproveitar os benefícios tributários que são fornecidos em alguns países.

O principal fator que leva à constituição de uma empresa offshore é a possibilidade de contar com uma baixa carga tributária ou até mesmo com a isenção fiscal. No entanto, atualmente, são realizadas explorações apenas nas fronteiras marítimas nacionais, em “águas internacionais”, que são reguladas conforme tratados internacionais.

 

Logística de transporte para empresas offshore

A logística de transporte offshore é uma etapa crucial no segmento de Petróleo e Gás, já que, cada vez mais, as empresas de exploração e produção de petróleo demandam elevados níveis de serviço das atividades de suporte à operação. De acordo com o artigo Logística Offshore, a logística de transporte offshore consiste na movimentação de todo tipo de carga necessária para a operação de perfuração e produção das unidades marítimas.

Essas cargas podem ser separadas em três tipos: carga de geral (tubos, rancho, materiais químicos, ferramentas, equipamentos submarinos, etc), granéis sólidos e líquidos (cimento, baritina, bentonita, fluido de poços, água, etc) e óleo diesel.

 

Transporte Offshore seguro é com a Tecnolog

A Tecnolog é uma empresa de transportes multimodal que possui 30 anos de experiência acumulada em entregas de cargas de diversos segmentos, inclusive Offshore de Óleo e Gás, sempre realizando os procedimentos necessários para sua carga chegar ao destino no tempo certo e do jeito certo.

Gostou de saber mais sobre as empresas Offshore? Então continue acompanhando o blog da Tecnolog para ficar por dentro de todas as novidades do segmento. E não deixe de falar com nossos especialistas para encontrar as melhores soluções em transporte de cargas para sua empresa Offshore!

Categorias

Últimas
Notícias

As principais notícias e conteúdos
do setor em um único lugar!

Mapeamento de processos logísticos

A logística, muitas vezes, é percebida apenas como o simples transporte de mercadorias de um ponto a outro. No...

Gestão da cadeia de suprimentos de Óleo e Gás

A indústria de óleo e gás é um importante pilar na economia global, visto que fornece fonte de energia...

Sustentabilidade no Transporte de Cargas do Setor de Óleo e Gás

A indústria de óleo e gás desempenha um papel fundamental na economia global. No entanto, a extração, produção e...

Ao enviar meus dados, concordo com a Política de Privacidade.

Solicite um orçamento

Aceita receber comunicações via telefone?
A Tecnolog se preocupa com você e sua privacidade